domingo, 29 de novembro de 2009

GRAFITE CONTRA O ÓDIO


O grafite vem ganhando espaço nas galerias de arte e outros eventos, visto hoje não apenas como uma arte menor, da cultura Hip-Hop. Eu pessoalmente adoro ver os muros da cidade pintados com cores vibrantes, imagens expressivas, sejam para alegrar, denunciar, divertir quem passa. Torna a cidade mais humana. Os subúrbios – tão maltratados – ficariam mais alegres se os muros da rede ferroviária que cortam a zona norte da cidade fossem cobertos por esses grafiteiros do bem.

Estas fotos mostram como a criatividade, a arte e a não-violência podem vencer a ignorância, o preconceito, a intolerância. Em cima de uma pichação de ódio, um artista pintou a imagem de um sertanejo na caatinga. O muro é de uma pensão na região central de São Paulo, onde vivem migrantes nordestinos.

Recebi o texto e fotos de um grupo virtual. A fonte que consta é: SÉRGIO RIPARDO - colaboração para a Livraria da Folha.

4 comentários:

karla cristina disse...

muito bom seu blog amiga, voce deve não lembrar de mim sou monitora da caixa cultural, coletivo potiguar e cartazes cubanos. parabens vou divulgar aos meus amigos bjs

Tecelã disse...

valeu Karla! Claro que me lembro de vc. Muito bom receber sua visita.
O blog andava abandonado, mas acabo de colocar nova postagem.
Grande abraço.

sandro disse...

NÃO TOLERE A INTOLERÂNCIA

Tecelã disse...

Obrigada, Sandro, pela visita e comentário.
Tentei acessar seu perfil mas está indisponível.
Abçs.